IMPOTÊNCIA: OS PRINCIPAIS SINAIS E MÉTODOS DE TRATAMENTO

IMPOTÊNCIA: OS PRINCIPAIS SINAIS E MÉTODOS DE TRATAMENTO

Na medicina moderna, os termos “impotência” e “disfunção erétil” são usados ​​para denotar violações expressas na incapacidade de um homem de ter relações sexuais. Anteriormente, a impotência sexual era geralmente atribuída às alterações naturais do corpo relacionadas à idade.

De fato, essa condição só pode ser diagnosticada se mais de 25% dos contatos sexuais em um homem não tiverem êxito. Em muitos casos, as anormalidades físicas não afetam a perda da libido, o que adicionalmente cria problemas psicológicos. Atualmente, a medicina alcançou um nível tal que a impotência é facilmente diagnosticada nos estágios iniciais e um método de tratamento adequado é selecionado. Ou seja, as chances de restaurar a força masculina após o tratamento prescrito por um médico são bastante altas.

Os sinais e o tratamento da impotência , bem como outros aspectos desse desvio, serão discutidos mais adiante.

Quais são os sinais do desenvolvimento da impotência?

  • Falta de ereção. O primeiro sintoma da impotência é a ausência de ereções não apenas normais, mas também espontâneas. Nesse caso, eles falam sobre a forma orgânica da impotência. Na ausência de uma ereção adequada e manutenção espontânea, pode-se assumir que a impotência é de natureza psicológica.
  • Ereção fraca. Uma diminuição na rigidez e na frequência das ereções é outro sinal de impotência. Isso também inclui dureza insuficiente do pênis durante o contato sexual. Nesse caso, a impotência se desenvolve no contexto de distúrbios vasculares, hormonais e outros distúrbios orgânicos. Em casos raros, a causa são problemas psicológicos.
  • Incapacidade de manter uma ereção. Um dos primeiros sintomas da impotência é a ejaculação precoce, ou seja, a liberação do líquido seminal no início da relação sexual ou antes dela. Isto é devido a causas orgânicas e, como regra, sinaliza distúrbios vasculares.

Métodos modernos de tratamento da impotência

Em geral, os métodos de tratamento podem ser diversos, e a técnica mais eficaz é selecionada de acordo com a natureza revelada da doença.

  • Psicoterapia É utilizado para tratar a impotência psicogênica, bem como uma medida de reabilitação no tratamento de formas orgânicas de impotência.
  • Método cirúrgico. É usado para tratar a impotência orgânica causada por distúrbios vasculares e venosos. O objetivo do tratamento cirúrgico é aumentar o fluxo sanguíneo nos corpos cavernosos do pênis.
  • Método de injeção. Através de injeções, as injeções são injetadas nos corpos cavernosos do pênis para expandir os vasos e a aparência de uma ereção normal.
  • Método de vácuo. Há uma estimulação mecânica do pênis dentro da terapia complexa prescrita.
  • Tratamento medicamentoso. A maioria dos medicamentos possui várias contra-indicações sérias; portanto, apenas um médico qualificado deve prescrevê-los. Mas um sem contra indicações é o HotGel, conheça.

Se você perceber pelo menos um dos sintomas de impotência acima, consulte imediatamente um especialista para identificar a causa da doença e aplicar o tratamento adequado.

IMPOTÊNCIA: OS PRINCIPAIS SINAIS E MÉTODOS DE TRATAMENTO